Maltes ūüĆĺūüĆĺ

A Thomas Fawcett & Sons acompanhou o progresso tecnol√≥gico na ind√ļstria de malte sem perder de vista os m√©todos tradicionais e comprovados. Hoje, os Fawcett¬īs permanecem como um dos poucos malteiros que ainda operam com a t√©cnica de maltea√ß√£o no ch√£o e um forno de germina√ß√£o automatizada (GKV) de √ļltima gera√ß√£o. A maltea√ß√£o no ch√£o √© uma arte que desapareceu com o tempo, mas ainda √© reverenciada pelos fabricantes de cerveja em todo o mundo. Consiste em girar o malte suavemente no ch√£o da germina√ß√£o manualmente. Essa t√©cnica cria componentes de sabor que nenhum outro m√©todo pode replicar, al√©m disso o malte fresco tem um sabor diferente do malte produzido por grandes instala√ß√Ķes industriais de malte.

 Maltes Thomas Fawcett & Sons

Tipo Pale Ale

Os maltes do tipo Pale Ale possuem um leve sabor remetendo a castanhas; gera uma cerveja de cor √Ęmbar claro. Como exemplos de maltes desse tipo, temos o malte Maris Otter e o Mild Ale.

O Malte Maris Otter, é uma cevada de inverno com baixo teor de nitrogênio, semeada no outono e colhida semanas antes da primavera. O Maris Otter é muito conhecido por proporcionar à cerveja sabores e aromas de biscoito e nuance de nozes, enquanto que o Pale Ale tem sabores a aromas muito mais leves.
Essa cevada domina o Reino Unido, facilitada pelo rendimento aos agricultores, pela facilidade de malteação nas maltarias e por sua consistência de fermentação e sabor para os mestres cervejeiros.

Tipo Crystal

Os maltes do tipo Crystal s√£o variedades produzidas aquecendo-se malte √ļmido a temperaturas de mostura e permitindo que eles convertam antes de aquec√™-los at√© temperaturas de tosta. Quando arrefecidos, os a√ß√ļcares endurecem, resultando em uma textura cristalina. H√° uma grande variedade de maltes Crystal, cada um com um perfil √ļnico de sabor, sendo que maltes com cores semelhantes podem ter sabores bem diferentes. Malte ideal para garantir personalidade a cervejas. 

 Como exemplos temos o malte Crystal, Crystal Dark e Crystal Red.

Tipo Torrado (Roasted Malt)

Os maltes torrados (Roasted Malts) são produzidos através da tosta do malte Pale Ale. Segue alguns exemplos abaixo:

Malte Brown:

√Č tradicionalmente produzido aquecendo-se o malte pale ale rapidamente a 175 graus celsius sobre fogo de carvalho, mantendo-se por 2 horas ou at√© se obter uma rica cor marrom. √Č muito tostado e fica √≥timo em Brown Ales.

Malte Chocolate:

Produzido tostando o malte Pale Ale até se obter uma cor de chocolate escuro. Às vezes é agressivo; o malte Black Patent é mais escuro, mas tem sabor mais suave.

Malte Black:

O tipo mais escuro, forte e amargo de todos os maltes, é produzido torrando o malte Pale Ale em altas temperaturas até que fique quase preto, mas não queimado.

E ficamos por aqui! Até o próximo post!